quinta-feira, janeiro 06, 2011

Mário Laginha + Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música - CCB


Estreado em 2009, o Concerto para piano e orquestra de Mário Laginha volta a ser interpretado pela Orquestra Sinfónica do Porto, num programa que reúne outras duas obras orquestrais de períodos distintos.

8 Jan 2011 - 21:00
GRANDE AUDITÓRIO
CCB - Lisboa

A última obra orquestral do compositor húngaro Ernst von Dohnányi (1953), e a polémica Uma vida de herói (1898), vista como uma obra autopromocional de Strauss, enquadram a composição de Mário Laginha no programa desta noite. As influências do músico português, além do jazz e da música étnica, passam também pelas grandes figuras da música clássica: “O concerto para piano está entre algum do repertório musical que mais me apaixonou ao longo dos anos.” A sua "casa" é o jazz, mas recusa encerrar-se lá dentro.

PROGRAMA
ERNST VON DOHNÁNYI
Rapsódia Americana, op. 47

MÁRIO LAGINHA
Concerto para piano e orquestra

RICHARD STRAUSS
Ein Heldenleben (Uma vida de herói), op. 40

Mais Informação:
http://www.ccb.pt/sites/ccb/pt-PT/Programacao/Musica/Pages/MARIOLAGINHAOSPORTOCASADAM%C3%9ASICAJAN2011.aspx

1 comentário:

Fragmentos Culturais disse...

... o momento mais alto, ontem na Casa da Música, Laginha!
Gostei imenso do seu concerto para piano e orquestra que não conhecia!
Gravado ao vivo na sala Suggia!

Laginha é um músico extraordinário, em qualquer estilo musical! Clássico ou jazz!
É por natureza um músico completo!

A sua simplicidade é notória, mesmo em palco! Qualidade que só 'reina entre os maiores'.

No concerto de ontem, apenas uma nota: houve certos momentos em que a fusão orquestra-piano não foi a melhor. A orquestra abafou, algumas vezes o piano.
Uma pequena crítca ao maestro...